♥Fevereiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28


Terça-feira, 13 de Outubro de 2009
Pecados capitais Ou melhor: os sete hábitos que podem estar lhe prejudicando

Quem em algum momento de sua vida já não se pegou repreendendo alguém dizendo: "Pare, não faça isto... que é PECADO".

Esta palavra há algum tempo atrás tinha um poder muito grande, independente da língua em que era pronunciada, Peccato, péché... colocava muito medo no coração das pessoas. Podemos dizer que pronunciar esta palavra surtia um efeito como hoje se tem quando se fala "terrorista", "câncer" etc., algo terrível e que colocava a pessoa em perigo.

De um tempo para cá ela foi perdendo o impacto que causava e passou a ser domesticada e perdendo seu poder original. Hoje, podemos observar as pessoas pronunciarem a palavra com um sorrisinho irônico, ou até mesmo quando queremos repreender alguém que queira se divertir à custa de outros, fazendo alguma "maldadezinha".

Mas se levarmos em consideração todo o peso que ela trás de seu passado, não é a toa que queiramos diminuir seu poder e neutralizar sua ação. Para nossos antepassados esta palavra descrevia uma forma de viver que de alguma forma causaria destruição, ou seja, quem pecasse estaria sujeito à infelicidade, pois os pecados destruíram famílias, amizades, a paz de espírito, e principalmente se afastava de Deus.

Hoje pecado para muitos é o mesmo que "violar as regras", mas se entendermos só desta forma, principalmente na geração que vivemos, de pessoas que são educadas a questionar e refletir sobre as questões, certamente perguntariam: "Regras? De quem?" A resposta óbvia seria: "Regras de Deus", claro! Mas na verdade quem pode dizer com certeza quais são as regras de Deus?

Acredito que o principal neste caso não é o violar as regras, pois, quando temos que agir e sentir de uma determinada forma só para que não sejamos punidos, gera em nosso interior uma sensação de aprisionamento e coloca nossa liberdade sob pressão da repressão e do medo, o que certamente gera raiva interior!

Por isso podemos ver e entender Os Sete Pecados Capitais, que são a Soberba, a Inveja, a Ira, a Gula, a Luxuria, a Avareza e a Preguiça, como os sete hábitos destrutivos, pois sabemos que independente das "regras impostas" são eles grandes vilões de nossa felicidade, pois afastam o ser humano de sua bondade essencial e acabam destruindo o que temos de melhor que é nossa capacidade de amar e de nos relacionar, pois afinal de contas a vida é para ser vivida e desfrutada na companhia de outras pessoas.

Todos eles, de forma geral, fazem com que a diferença seja tão forte a ponto de nos separar dos outros, privando-nos da riqueza que é desfrutar de uma diferença saudável, que permite que sejamos mais criativos. Os Sete Pecados quebram a harmonia das relações, levando ao sofrimento e a dor.

Entendemos, portanto que todo ser humano saudável e que quer se sentir em paz e feliz deseja se livrar dos vilões que causam sofrimento, por isso vamos refletir sobre estes sete hábitos altamente destrutivos. Se quisermos ter um bom relacionamento conosco mesmo e com os que estão próximos devemos nos precaver e evitar padrões e comportamentos que destroem as relações com as pessoas que tanto amamos.

Mas como tudo no Universo é perfeito, existem algumas formas de se prevenir destes hábitos destrutivos, cada um deles possui um antídoto, que nos ajudarão a encontrar uma forma de evitar estes "pecados".

O primeiro passo é nos abrirmos para a descoberta destes hábitos em nós, pois ainda que de maneira sutil todos acabamos por cometê-los, e assim nos autoprejudicando. O segundo passo é a responsabilidade de nos comprometer com a nossa própria cura e purificação, pois certamente é difícil de avaliarmos as pessoas que pecam mais contra nós ou nós contra elas... Então melhor fazermos a nossa parte, pois assim certamente traçaremos um caminho e uma vida mais feliz!


arquivado em:

publicado por αиιинα иαѕ¢ιмєиτσ às 19:16
link do post | comentar | favorito

♥☞•.¸.•*♥ Sobre o meu par perfeito ♥*• .¸.•
αℓѕ∂м รє๓קгє lยtคภ๔๏ ק๏รร๏ ςคเг, є ןá ςคเ ๓ยเtคร שєzєร, ๓คร єย ๓є lєשคภt๏ รє๓קгє, ש๏ย คté ๏ Ŧยภ๔๏ ๔๏ ק๏ç๏, ๓คร гєt๏гภ๏ รє๓קгє, ςђ๏г๏ ๓ยเtคร є tคภtคร שєzєร láﻮгเ๓คร tєเ๓๏รคร ợยє เภรเรtє๓ є๓ ςคเг, คté ๓єร๓๏ ﻮยคภ๔๏ єย ภã๏ ợยєг๏ є ภã๏ ק๏๔єгเค. ๓คร, คเภ๔ค ς๏ภŦเ๏ ภย๓ ร๏ггเร๏, รєןค ๏ ๓єย ๏ย ๏ รєย. ןá เภรเรtเ ๓ยเtคร שєzєร ק๏г ๔єรเรtเг, ๓คร ς๏ภtเภย๏ ק๏г คợยเ. ๓ยเtคร שєzєร ย๓ค คภﻮยรtเค, ย๓ค ๓єlคภς๏lเค, ย๓ค tгเรtєzค, ย๓ค ร๏lเ๔ã๏, ย๓ค รคย๔ค๔є ๔๏เ tคภt๏ ภ๏ קєเt๏ ợยє קคгєςє ๔๏єภçค รє๓ ςยгค ợยє ภã๏ ๔єเאค שєг ๏ Ŧยtยг๏. єย คггคภς๏ lá ๔є ๔єภtг๏ ย๓ค Ŧ๏гçค ợยє คเภ๔ค єאเtє, lєשคภt๏, รคςย๔๏ ค ק๏єเгค є ๔๏ย ค ש๏ltค ק๏г ςเ๓ค... ครรเ๓ ς๏๓๏ ๏ร קáรรคг๏ร ภã๏ שเשє รє๓ ๏ ςéย; ครรเ๓ ς๏๓๏ ๏ร קєเאєร ภã๏ гєรקเгค๓ รє๓ ค áﻮยค; ครรเ๓ ς๏๓๏ ๏ קlคภєtค ภã๏ єאเรtє รє๓ ๏ ยภเשєгร๏; єย ק๏รร๏ ๔เzєг ς๏๓ t๏๔ค รเภςєгเ๔ค๔є, ợยє ภã๏ שเש๏ รє๓ ש๏ςê. קคгค รє๓קгє รєгє๓ lє๓๒ค๔๏ร, ﻮยคг๔ค๔๏ร є๓ รєย ς๏гคçã๏ є є๓ รยค ๓єภtє. ๔єรรє ς๏гคçã๏ ש๏ςê ๏ยשเгá คקєภคร קคlคשгคร ๔є ค๓๏г, ςคгเภђ๏ є คק๏เ๏. שเשค ςгєรçค є єภשєlђєçค ๔๏ ๓єย lค๔๏... єย tє ค๓๏ ๏ภtє๓, ђ๏ןє, ค๓คภђã є รєmpre. E não me esqueço nunca do dia 10/03/2008... siทτσ sαυ∂α∂єs... ρσrqυє σ вєм qυє αℓgυєм ρσ∂єriα rєcєвєr, rєcєвi ∂є τi. σ мєℓнσr sσrrisσ ทσ мєℓнσr мσмєทτσ vc мє ∂єυ. qυαทταs vєʑєs ρrσcυrσ мσsτrαr-мє вєм, siмρℓєsмєทτє ραrα q´ vc ñ sє ρrєσcυραssє αiท∂α мαis cσмigσ. єυ sєi q´cσм σ sєυ cσrαçãσ єทσrмє, vc sємρrє αrrαทנαrá мστivσs ρrα мє ƒαʑєr sσrrir. qυєriα τєr α cσทƒicçãσ ∂є ∂iʑєr q´ αмαทнã, ℓσgσ cє∂iทнσ, irємσs ทσs єทcσทτrαr є ραssαr σ ∂iα iทτєiriทнσ נυทτσs. є αssiм τσ∂σs σs ∂iαs, τσ∂αs αs нσrαs є σs мiทυτσs ρσssivєis... qυєrσ τє αgrα∂єcєr, αנυ∂αr єм ƒiм, τє ∂ємσsτrαr ∂є αℓgυмα ƒσrмα q´ ñ єsqυєçσ, q´ נαмαis єsqυєcєrєi σ q´vc ƒєʑ є ƒαʑ ρσr мiм. נαмαis єsqυєcєrєi σs єทsiทαмєทτσs q´vc ραssσυ є cσทτiทυα ραssαท∂σ cσм sєυ נєiτσ вσทiτσ, siмρℓєs, нσทєsτσ є нυмiℓ∂є ∂є τrαταr τυ∂σ є τ∂σs. cσмσ τє rєcσмρєทsαr !? cσмσ єsqυєcєr σ αмσr q´ vc мє ∂єυ є мє ∂á? ρєrgυทταs ñ cαℓαм α мiทнα cαвєçα... qυєrσ q´ sαiвαs q´ τє αмσ мυiτσ є q´, мєsмσ ∂є ℓσทgє, τσrçσ ρrα q´vc σвτєทнα êxστσ є sєנα мυiτσ ƒєℓiʑ єм τσ∂σs σs cαмiทнσs є єscσℓнαs q´∂єsєנαr sєgυir.
♥pesquisar
 
♥mais sobre mim
♥Fazer olhinhos
♥links
♥posts recentes

PRECISAM-SE LOUCOS!!!

Biscoitos roubados

Meu pai, meu amigo

Beije muito

HÁ MOMENTOS NA VIDA

Pausas da vida

10 LINHAS PARA VIVER

ATÉ OS CANALHAS ENVELHECE...

Um grande amor

O MUNDO SEM AS MULHERES!

NA VIDA É SEMPRE BOM DAR ...

IMAGINE A VIDA COMO UM JO...

A ilusão do reflexo

Livre arbítrio

Parábola da rosa

De tudo ficam três coisas...

Crônica do Amor

Só DEUS!

Limpando as gavetas

∂єѕρєяταя ∂α vι∂α

Aos que não casaram...

O valor do sofrimento

Para que serve uma relaçã...

Se eu morrer antes de voc...

Respostas de Deus

Idades da mulher

O que dá sentido à vida

A faixa preta

Pra recomeçar

Para que serve um amigo?

A vida humana no jardim d...

Controlar a raiva

O preço do amor

Juventude Eterna

Janelas da Vida

Muitos dormem e poucos de...

FASCINANTE PARA MIM É...

O Monstro da Indiferença

Precisa-se de loucos

A hora de ser feliz

Amor e felicidade

Crie a sua realidade

Tristeza

O que mais sofremos no mu...

Tenha sonhos!

O direito à fantasia

Sabe o que eu mais queria...

Um Mundo de Sentimentos

Como aliviar a dor do que...

Ouça seu coração

♥arquivos

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

♥arquivado em

algumas palavras(1)

amizade(8)

amor(35)

amor♥(25)

deus(1)

filmes que eu gosto(44)

mensagens engraçadas(1)

mensagens variadas(80)

meus sentimentos(2)

numerologia(2)

para os solitárioe(8)

reflexão(57)

reflexão4(1)

saudade(1)

saudades(1)

vida(40)

todas as tags

♥subscrever feeds
♥as minhas fotos
blogs SAPO